fbpx
Diretor da empresa iTelas

6 fatos sobre o uso e conservação da bateria de seu Apple

Carregando o iPhone A duração da bateria é uma das maiores preocupações dos usuários de smartfones

Uma das perguntas mais feitas a especialistas nos últimos tempos dizem respeito ao que os carregadores mais rápidos fazem com a bateria do smartphone com o passar do tempo, e outras perguntas sobre como prolongar a vida útil para uma maior duração.

A cada momento que passa, a duração da bateria dos smartphones tem tornado a principal preocupação para os usuários. À medida que usamos os nossos telefones, cada vez por um período mais longo, ele tende a exigir mais da bateria.

Após o tamanho da tela, o que mais procuramos em um smartphone muitas vezes é a autonomia de bateria. Os smartphones possuem um carregamento rápido, e essa prática tem se tornado comum. A Samsung, Huawei, Google, OnePlus e Apple fazem isso.

A Evolução das baterias de celular é lenta. 

 Todos os celulares, eletrônicos, veículos elétricos possuem baterias recarregáveis de íon de lítio (li-íon). Para criar baterias que possam durar mais seria necessário um caminho bastante difícil, visto que as tecnologias para produção de baterias não mudaram nas últimas décadas. Ao invés da criação de novas baterias, foram feitos progressos nos recursos de economia de energia que são incorporados aos dispositivos e da criação do software, isso faz com que o descarregamento e o carregamento funcionem de forma mais eficiente.

O foco do prolongamento da vida útil da bateria está nos carros elétricos, satélites, energias da casa, áreas onde utilizam baterias industriais que precisam ter uma vida útil maior que a de um dispositivo móvel.

Além disso, um dos grandes obstáculos contra a bateria do telefone é o tamanho da bateria. Se comparado com o tamanho da bateria de um carro elétrico, a bateria do celular é bastante pequena. A bateria do Tesla 3 tem uma bateria 4000 vezes mais forte que a do iPhone 11 Pro Max, por exemplo. As baterias dos veículos são medidas em watts-hora, enquanto a dos smartphones é medida em miliamperes-hora. É possível fazer uma comparação que mostrará isso. Por exemplo, fazendo uma linha de equivalência, o Pixel 4 possui uma bateria de 2.800 mAh (10,6 Wh), e o iPhone 11 Pro Max possui uma bateria de 3.969 mAh (15,04 Wh). Já nos veículos elétricos, o Chevy Volt tem uma bateria de 18.400 Wh, já o Tesla Model 3 de gama média ostenta uma poderosa bateria de 62.000 Wh.

Quanto maior a bateria é, mais truques para economizar a bateria estarão ao alcance, prolongando sua vida útil. Por exemplo, quando você coloca sua bateria para carregar a voltagem aumenta, e nos primeiros 20% fará com que ela fique em tensão mais alta. Os fabricantes de carros, para evitar a tensão da bateria, podem carregar a bateria com 80% apenas. A bateria, por ter uma maior capacidade, faz com que o carro elétrico percorra uma distância aceitável, e isso evita o estresse de altas tensões, podendo dobrar a vida útil total da bateria do carro.

Os telefones que possuem uma bateria maior podem fornecer um tempo de execução durante todo o dia a partir de uma carga, entretanto, apenas 100%. E, apesar de a bateria durar por um tempo razoável entre as cargas, também acaba por sobrecarregar com uma tensão mais alta do que a necessária para completar.

Com a evolução das baterias e tecnologias, os dispositivos virão mais econômicos em geral.

Carregamento rápido não danifica a bateria 

 É convencional que os carregadores normalmente venham com uma potência de 5 a 10 watts. Entretanto, um carregador mais rápido pode melhorar esse número significativamente. Um exemplo disso é o iPhone 11 Pro e iPhone 11 Pro Max, que vêm com carregador mais forte, cerca de 18 watts. O Galaxy Note 10 e 10 Plus vêm com carregadores de 25 watts. A Samsung irá vender um carregador extra-rápido de 45 watts, por US $ 50.Mesmo com a maior potência, o carregamento rápido não causa danos.

O porque disso é que as baterias de carregamento rápido funcionam em duas fases, ou seja, a primeira fase aplica uma explosão de tensão à bateria vazia ou quase vazia. Essa explosão fornece uma grande carga de 50 a 70% nos primeiros 10, 15 e 30 minutos. Durante o inicio do carregamento, as baterias podem absorver a carga rapidamente, mas isso não causa efeitos à longo prazo.

De acordo com o que prometeu a Samsung com seu novo carregador, ele carregará o smartphone de 0 a 70% em questão de 30 minutos. De acordo com a Apple, o carregador mais rápido é o que acompanha o iPhone 11 Pro, que pode fazer o smartphone atingir 50% de bateria em 30 minutos.

Mas você já se perguntou porque os últimos 20 e 30% de bateria demoram mais para carregar? A segunda fase do carregamento é gerenciada com mais cuidado, portanto, ocorre o desaceleramento, para facilitar o cuidado com a velocidade, pois o processo de carregamento pode causar danos a bateria.

De acordo com Arthur Shi, um engenheiro de demolição no local de reparo de iFixit, a bateria como uma esponja. Jogue água em uma esponja seca e verá como ela absorverá a água rapidamente, assim funciona o carregamento rápido.

Mas se você jogar muita água na esponja, uma hora ela vai ter dificuldade de absorver a água, agora imagine uma bateria recebendo muita carga de energia, uma hora a energia não é absorvida pela bateria, e a energia não absorvida pode causar danos a bateria.

Geralmente, é difícil que ocorram danos na bateria, por conta do sistema de gerenciamento da bateria que monitora as duas fases do carregamento rápido, o tempo é diminuído na segunda fase para que a bateria tenha tempo de absorver toda a carga, e os últimos percentuais podem levar cerca de 10 minutos para carregar.

A bateria do Samsung Galaxy Note 7 era tragicamente explosiva, mas esse problema se deu por conta do design da bateria, e não pela forma como o smartphone gerenciava o software. 

Não é possível sobrecarregar a bateria do celular 

 Quem nunca ficou com medo de que o celular passasse dos 100% de bateria, não é mesmo? Esse é um tópico que causa bastante ansiedade entre os usuários de smartphones. E o medo vem de o usuário achar que a bateria poderia carregar além da sua capacidade total, fazendo com que ela ficasse instável, degradando a vida útil da mesma ou então, fazendo com que o calor interno ficasse muito alto, causando explosão.

Entretanto, de acordo com especialistas, o sistema de gerenciamento da bateria dos smartphones é projetado para desligar a carga elétrica assim que ele chega em 100 %, sendo assim, o smartphone não pode sobrecarregar. A única forma de ocorrer uma sobrecarga é em caso de algo errado no circuito da bateria.

Embora seja raro, é preciso que você se lembre que é possível sobrecarregar a bateria de um smartphone, visto que os fabricantes de veículos eletrônicos cortam a carga de baterias novas em cerca de 80% por conta disso.

A nova abordagem da Apple é bastante inteligente, ela achou uma maneira de resolver esse problema, fazendo com que o iOS 13 agora cobre 100% da bateria do iPhone sem causar problemas à longo prazo na bateria.

Se você deixa seu iPhone conectado ao carregador durante o dia ou enquanto dorme, agora é possível ativar uma nova configuração de bateria do IOS 13, que se chama Carregamento Otimizado da Bateria, essa função irá monitorar sua programação de carregamento, mantendo a carga de bateria do iPhone em 80%, fora da zona de estresse. Depois desse ponto, a carga será preenchida até 100% antes que você desconecte o celular regularmente. Para pessoas com padrão de carregamento regular, isso funciona de forma excelente.

Para abordagem manual, você pode desconectar o celular quando ele atingir 80% de bateria, o lado negativo de fazer isso é que você poderá perder horas adicionais que seu smartphone teria caso tivesse carregado totalmente. 

Não deixe sua bateria descarregar até o zero 

Conforme o tempo passa, descarregar completamente uma bateria pode fazer com que ocorram reações químicas que podem reduzir a vida útil da bateria. Para que seja evitado o descarregamento completo, o sistema de gerenciamento de uma bateria pode incluir recursos de segurança acima do vazio, o telefone quase nunca desliga com 0%, o que faz pensarmos que atingiu o 0% é o aviso de bateria fraca que aparece na tela.

Para você que quer controlar isso em seu smartphone, coloque-o para carregar abaixo de 30%, pois é acima dos níveis extremamente baixos de bateria. 

 Temperaturas altas danificam facilmente a bateria

 O principal inimigo da bateria é o calor. O que muito se sabe é que o calor diminui a vida útil da bateria consideravelmente. Mantenha seu celular longe dos raios diretos do sol, painel de carros ou janelas, para que ele não superaqueça. Fazer isso pode fazer com que a bateria perca eficiência, e em casos mais extremos, a bateria pode explodir.

Se o celular for exposto à uma temperatura acima de 30 graus celsius, a bateria pode perder a eficiência. Isso não significa que você deva deixar o seu aparelho dentro da geladeira, significa que o quanto mais longe de altas temperaturas você o deixar, melhor. Se ficar muito tempo no sol ou perceber que seu celular está superaquecido, tente resfria-lo com uma toalha úmida, ou com uma garrafa com água fria. Não deixe com que a temperatura do smartphone suba. 

Cabos e carregadores não compatíveis não danificam a bateria do seu celular, mas podem danificar outros componentes. 

A única forma de você danificar o seu telefone é caso o carregue com um carregador ou cabo falsificados. Misturar cabos ou fazer combinações não pode prejudicar. Entretanto, é possível perceber uma perda de velocidade no carregamento se comparado com o carregador que acompanha o aparelho. Além disso nos aparelhos Apple, cabos não homologados podem causar danos à placa principal do aparelho.

Telefones como Huawei e OnePlus utilizam um design de carregamento proprietário, ou seja, com parte do circuito responsável pelo carregamento rápido incorporado ao carregador. Para que você possa usufruir ao máximo da potência do carregamento rápido, precisará utilizar o carregador compatível com seu dispositivo.

Marcas como Samsung e Apple se mantêm em um padrão no setor de carregamento rápido, permitindo que você possa carregar rapidamente com uma boa variedade de carregadores e cabos compatíveis.

O mais seguro é que você use o carregador que acompanha o seu smartphone na caixa, pois mistura e combinações de cabos e fontes pode resultar na menor velocidade de carregamento possível para seu telefone. 

Existem outras formas de economizar energia do telefone? 

Existem diversas formas que você pode usar para poupar energia do seu telefone, são elas diminuição do brilho de tela, modo avião, economia de energia, desativar wifi, bluetooth ou gps, usar o modo escuro em aparelhos com tela OLED.

A verdade é que não importa quão cuidadoso somos, as baterias tem uma vida util definida.As mais novas duram em média 700 a 800 ciclos de carga completa.Mas seguindo estas recomendações podemos aproveitar este tempo ao máximo. O fundamental é cuidar da sua bateria, não a deixar ficar no calor, e manter um ritmo de carregamento eficaz.

O que você pode fazer para manter seu smartphone l...
Todos os rumores sobre os possíveis lançamentos da...
 

Comentários

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Default Blogger
Já Registrado? Login Aqui
Visitantes
Terça, 26 Maio 2020

Imagem do Captcha

Veja também

09 Outubro 2019
Dicas Apple
 Todos os usuários da Apple que precisaram adquirir um modelo de iPhone com armazenamento menor, como por exemplo 16 ou 32 gigas, já passaram pela situação de estarem completamente sem memória, p...
03 Março 2020
Últimas Notícias
Existem várias razões que fazem do iOS um sistema superior ao Android.Os aparelhos contam com uma plataforma abrangente, simples e muito segura para seus usuários, é possível listar tranquilamente tod...
09 Março 2020
Últimas Notícias
Todo dispositivo Apple passa por atualizações de segurança importantes no decorrer de sua vida útil, essas atualizações de software permitem que o usuário possa usufruir de seus dispositivos com maior...

Últimos Comentários

Nenhum comentário ainda.

Contato